FAQ - Perguntas mais frequentes

FAQ

Estamos aqui para tirar as suas dúvidas

A limpeza da chaminé é uma forma eficaz de garantir a ausência de fumo e cheiros durante todo o ano, deste modo, previne incêndios resultantes da acumulação de sujidade na chaminé.
Este tipo de limpeza deve ser incluído na rotina de manutenção dos edifícios, negligenciar esta tarefa potência incêndios.
O principal responsável pelo incêndio em chaminés, é um composto químico altamente inflamável, chamado de creosoto. Caso a temperatura na chaminé seja alta o suficiente e a acumulação de creosoto for suficientemente grossa, este composto químico, pode gerar um incêndio.

Todas as chaminés devem ser limpas pelo menos de dois em dois anos, ou então após o consumo de duas toneladas de lenha.
As chaminés de cozinha, dependendo da existência ou não de um exaustor, e também da intensidade de utilização, podem precisar de limpezas mais frequentes.
Caso o fumo produzido pela queima, não esteja a ser removido corretamente, as lareiras e equipamentos nunca atingem a sua performance máxima.
A limpeza deve ser feita por um profissional especializado.

As limpezas de chaminés são aconselháveis, no entanto não existe um regime de obrigatoriedade legal específico. Em caso de incêndio na sua casa, a seguradora não se responsabiliza pelas despesas, caso a manutenção que deve ser realizada não esteja em dia. Existe ainda a possibilidade de este incêndio danificar outras habitações, levando a que o utilizador acarrete mais custos.
Desta forma, nada melhor que prevenir, pois a falta de manutenção das chaminés pode gerar responsabilidade civil, decorrente de fatos, atos ou omissões que causem lesões corporais e/ou materiais a terceiros ou interesses alheios.

Sim, pode! Dependendo da especificidade do caso, pode haver algo a obstruir a saída do fumo, como por exemplo um ninho de pássaros. Em primeiro lugar, aconselhamos a fazer a limpeza, sendo que num segundo plano, se o problema persistir, é necessário verificar se existe algo a impedir o fumo de sair. 

Sim. Quando o seu recuperador de calor apresenta sinais de fumo fortes no vidro, o utilizador deve considerar proceder à limpeza da chaminé, pois esta poderá já não estar a funcionar na máxima eficácia. Com o passar do tempo, estes problemas agravam-se para situações mais arriscadas, por isso nada melhor que optar por prevenir. 

As girândolas são extratores eólicos, funcionando com a força do vento. Este tipo de material poderá ser uma mais valia, uma vez que não necessita de motores ou outras fontes de energia, simbolizando uma poupança na eletricidade. 

Estes aparelhos são instalados nos topos das chaminés, de habitações ou prédios, de forma a extrair fumos, cheiros desagradáveis e gases. 

Para além disto, a girândolas ajudam a ventilar melhor os espaços fechados, pois evitam a acumulação de humidade e garantem a renovação do ar. 

No entanto, convém ressalvar que este equipamento necessita de manutenção e limpeza regulares, pois o mau funcionamento da girândola pode traduzir-se num acumular de fumo exacerbado, devendo este problema ser evitado ao máximo.  

Ainda tem dúvidas?

Ligue-nos ou contacte-nos através do Chat Online ou formulário!